quinta-feira, 8 de abril de 2010

Que se procriem em mim os santos diabos
Que nasçam e que morram para tornar a viver
Meus desejos trancados...

Pois que a noite senhora da lascívia
Traz com ela a saudade de teu corpo
De teu cheiro, de tua boca úmida
Á vida de beijos...
Tua língua inquieta perpassa meu intimo
Devora minha carne, devassa minha alma

Desliza teus dedos por minha pele
Marca em versos nossa historia
Meu corpo é tua tabua, meu sangue tua tinta
Minha vontade tua escrava
Teu prazer...
...meu maior troféu

(AlexSimas)
YARA PERALE

Nenhum comentário: